Quero empreender. Como escolher o que fazer?

Há três questões que você precisa esclarecer para poder empreender. Sabe quais são?

Primeira: entenda os motivos que a levam a empreender. Pense bem: você quer empreender porque seu pai dizia que você não podia? Talvez a questão fosse com sua mãe…Ela nunca te apoiou e você agora quer mostrar que pode vencer na vida. É possível que a motivação não esteja no passado. É possível que você queira empreender exclusivamente pela falta de dinheiro (você se separou e agora está com dois filhos dependendentes, ou quem sabe tem um casamento maravilhoso e quer ajudar o marido no sustento do lar, ou ainda nada disso: você quer ganhar seu próprio dinheiro e pronto). Seja qual for a sua motivação, é preciso que ela seja forte o suficiente para te levar para a frente. Se não estiver doendo muito, essa motivação não bastará. Quer empreender? Está com sangue nos olhos? Está com aquele sentimento que precisa empreender mais do que tudo nessa vida? Não aguenta mais depender de marido, de família? Não aguenta mais ficar em casa, vendo a vida passar? Aí sim! Agora você está pronta para passar para a segunda etapa.

Segunda: entenda quais são seus talentos. O que você faz de melhor? Sim, você tem talentos. Todo mundo tem. O que é aquilo que você faz com tanta naturalidade que nem sente que está fazendo, mas que as pessoas apontam que é bacana e que elas não conseguem fazer? Por exemplo: eu tive uma vizinha que fazia tudo para a decoração de sua casa. Ela pintava, criava móveis em mdf, fazia almofadas…Eu nem consigo segurar uma agulha! Outra pessoa que conheço tem um dom natural para a cozinha. Mas sabe quando você vê enxerga até uma postura corporal diferente? Essa minha amiga tem “o jeito”. Outra que conheço tem uma facilidade incrível com organização. Todas elas estão empreendendo, em áreas diferentes, cada uma usando os seus dons. Você também tem os seus. Olhe-se bem. O que as pessoas falam sobre você, sobre seu jeito?

Terceira: além disso, o que você gosta de fazer? Quando criança te perguntavam o que você ia ser quando crescer e você respondia o que? O que você faz em suas horas vagas? Com o que se diverte? Suas respostas te darão pistas sobre seus gostos. Fique atenta a esses gostos. Porque empreender com culinária se você odeia cozinhar? Ter jeito para a coisa não é o mesmo que ter prazer com ela. Porque a gente faz um monte de coisas bem. Nosso corpo tem “memória”. Acostumamos com o movimento das mãos, dos braços…Então, você pode saber como passar roupa como ninguém, já que faz isso a anos e sabe como otimizar seu tempo, sabe fazer para que seja mais rápido. Mas você gosta de passar roupas? Se imagina exercendo alguma profissão que faça uso dessa habilidade? Eu ensinei matemática, geografia e português para os meus três filhos. Mas nunquinha que seria professora. É uma profissão que merece o respeito de todo mundo. E é preciso gostar dela. E também ter o dom de ensinar. No meu caso, nem uma e nem a outra coisa. E você?

Além disso tudo, te aconselho a ler o artigo:

Como descobrir os seus valores pessoais e como eles impactam seus negócios 

Nele você poderá aprofundar seus estudos. Qualquer dúvida, me pergunte! Estou em todas as redes sociais.

E, se quiser abreviar sua caminhada, contando com minha ajuda, clique aqui.

Com carinho,

Cláudia Mester

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

WhatsApp chat